Categoria : Contos e Crônicas

Pouco maior que uma quitanda e quase tão sujo quanto uma peixaria malcuidada, este estabelecimento comercial não deixa de ter seu encantamento, sua poesia. Todo o mobiliário se resume a uma escrivaninha em que o proprietário faz suas anotações, duas cadeiras ordinárias e montanhas de livros espalhadas pelo meio da… Leia Mais
A umidade típica de São Paulo parece entrar pelos ossos dando uma sensação de frio e, ao mesmo tempo, um agradável repouso para os pensamentos. Não sei a razão, mas gosto de deixar a mente voar nessas noites paulistanas úmidas e frias. Talvez por que esse tipo de clima se… Leia Mais
Escuto, indiscreto sem querer, a conversa do casalzinho que está à mesa ao lado da minha, em um restaurante qualquer. Muito séria, a mocinha pergunta: – O que é que você considera “uma mulher bonita”? Galante e até mesmo um pouco anacrônico, o rapaz responde: – Uma mulher como você…… Leia Mais
Por uma razão qualquer vem à minha mente, nesta hora, a oração inicial de “Iracema”: Além, muito além daquela serra que ainda azula no horizonte…” Muito além daquela serra está o meu lugar. Sem terras perdidas das montanhas do Quebra-Cangalho, o Ribeirão das Pedras, o Rio da Prata, o Rancho… Leia Mais
Este é um roteiro de curta-metragem em animação. Uma boa ideia pode mudar a face do mundo, ou pelo menos, nos garantir a sobrevivência. As ideias valem dinheiro; se somos pessoas que vivem das ideias, não há injustiça no fato de nos fazermos pagar por elas. Claro que às vezes… Leia Mais
Bem no início da década de 60, nós estudantes que frequentávamos o bairro de Santa Cecília, o conhecemos e com ele passamos várias noitadas. Era um homem branco, alto, simpático, com um cavanhaque “ao natural”, de cabelos bem pretos e lisos. Se estivesse metido em roupas boas e caras, poderia… Leia Mais